Segunda, 23 de Julho de 2018
Milton Henriques

BLOG Liberdade e Economia por Milton Henriques

Contador Tributarista. Mestrando em Ciências Contábeis pela FUCAPE/ES

2017-08-11 15:54:55
A+ A A-

O Socialismo na Vida real

O último ato dos defensores dos regimes socialistas é apontar o dedo para um inimigo invisível e o responsabilizar pelo fracasso de seus feitos. No caso recente da Venezuela, os ratos – pelo menos no Brasil – ainda se dividem sobre o momento ideal de abandonar o barco. Membros do PT, do PC do B, do PSOL e seus comparsas já demonstram algum constrangimento em defender o regime assassino de Hugo Chaves, Nicolas Maduro e companhia, e ensaiam a terceirização da culpa pela desgraça concebida em quase duas décadas de Chavismo. O EUA, é claro, surge como o principal candidato a esse posto.

Alguns números dão a clara dimensão da trágica situação vivida pelos nossos vizinhos Venezuelanos. Desemprego próximo a 20%, estimativa de inflação em inacreditáveis 720% ao ano, queda acumulada do PIB em 35% nos últimos 5 anos e 40% de redução do PIB per capta, 32,1% da população na linha da pobreza, dentre outros. Segundo o último relatório do FMI mais de 75% da população emagreceu pelo menos 9 quilos de forma involuntária no último ano. Além de comida, faltam os itens mais básicos para a higiene e a sobrevivência humana. Tudo isso aliado uma forte repressão e ao assassinato de civis inocentes e desarmados. Trata-se da repetição dos fatos já vistos nos governos sanguinários de Stalin, Mao, Castro, Hitler, entre outros, em mais de um século de genocídio.

É o inadiável fruto dos governos socialistas, que visam a destruição dos valores das sociedades e a transformação da cultura por meio da economia. O Estado é cada vez mais autoritário e o cidadão mais refém. Esse regime de governo, calcado no poder do establishment, se mantem vivo por meio de narrativas que direcionam o modo de ação dos indivíduos em detrimento da realidade das circunstâncias. A versão dada a episódios como o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff; o período do governo militar; os crimes cometidos pelo ex-presidente Lula e seus comparsas, o projeto escola sem partido, desarmamento civil, aborto, ideologia de gênero, entre outros tantos, servem como exemplos para ilustrar a capacidade que possuem de criar uma realidade paralela que atenda seus interesses escusos. Para esses, a ideologia é o único propósito e para atingi-lo vale tudo.

 

Siga o CanaãBRASIL no Twitter e no Facebook  

LEIA TAMBÉM

DEIXE SEU COMENTÁRIO

* E-mail:
* Senha:
Seja o primeiro a comentar esta matéria!