Segunda, 23 de Julho de 2018
Joel Paese

BLOG Diário da Política por Joel Paese

Doutor em Sociologia Política e Professor do Departamento de Sociologia e Ciência Política da Universidade Federal de Mato Grosso.

2017-04-17 16:03:02
A+ A A-

A Pré-Política e a Política

No último artigo tratei da análise do fenômeno político pela ênfase na distinção entre o que é essencial, permanente, portanto, e o que é superficial, transitório. A política está associada tanto ao que é aparente, como à sua essência, de fato. Ocorre que, em uma investigação científica — a busca das causas — nossa preocupação deve ser, em primeiro lugar, descobrir quais são os fatores causais da realidade. Do contrário, não entendemos porque um efeito foi desencadeado e, assim, quais os possíveis resultados. Nossa potência para entender as consequências se reduz muito.

A política é, a rigor, uma consequência. Mas do quê? Daquilo que podemos denominar de pré-política. Sim, mas e o que é a pré-política? Nomes de candidatos, líderes partidários, partidos, convenções partidárias, ações de governo são o resultado de um movimento de ideias que precede a política. Eis a pré-política. Tudo principia por ideias que passam a orientar os indivíduos e as instituições. A realização da política é a organização dos meios para criar uma ordem social, orientada pela cultura. Quaisquer ações com o objetivo de organizar a sociedade dependem do exercício do poder — do uso de meios, portanto. O modo como os meios serão empregados em vista desse fim deve ter uma direção, por conseguinte. Do contrário os objetivos não serão alcançados e a desordem se instala.

A pré-política é constituída pelas áreas do conhecimento que denominamos de ciências humanas; não no sentido moderno, mas no sentido clássico. Inclui desde a Literatura, a Filosofia, a Estética, a Antropologia, a Ciência Política, a Teologia, o Direito até a Psicologia e as Ciências Sociais, entendidas a partir do trabalho de Platão e Aristóteles. Estas produzem os símbolos que passam a fornecer as diretrizes pelas quais os meios são ordenados.Não por acaso são as áreas mais importantes do conhecimento humano. A política depende da pré-política, pois meios não se autoordenam.

Siga o CanaãBRASIL no Twitter e no Facebook  

LEIA TAMBÉM

DEIXE SEU COMENTÁRIO

* E-mail:
* Senha:
Seja o primeiro a comentar esta matéria!